Os impactos do Coronavírus para o Setor de Cosméticos

Mesmo em tempos de pandemia, o Brasil ainda é o quarto maior mercado de beleza do mundo. Confira aqui os resultados e as tendências de cosméticos para 2021!

A pandemia do Coronavírus afetou diversos setores comerciais, e não foi diferente com a indústria da beleza

A falta da necessidade de sair para escola, trabalho ou eventos sociais diminui consideravelmente as vendas de maquiagem e itens para barbear. Produtos de cuidado com o cabelo, como shampoo e condicionador, também foram deixados de lado, em menor escala.

Mas todos esses segmentos tendem a se recuperar no mercado, conforme as rotinas voltam ao normal.

Por outro lado, produtos de higiene pessoal e cosméticos (exceto os citados acima) estão em ascensão, com destaque para o álcool em gel e produtos de limpeza de pele. O sabonete líquido se tornou destaque na pandemia. Em consequência, houve aumento no consumo de hidratante para as mãos, visto que o uso constante de álcool em gel e sabonetes resseca mais a pele.

NOVIDADES PROMISSORAS NO SETOR DE COSMÉTICOS

E-commerce

Com a covid-19, as vendas online, que já eram tendência antes, cresceram ainda mais. A praticidade e o conforto de comprar em casa é um grande atrativo para consumidores;

Redes sociais

O Brasil é o país que mais usa redes sociais na América Latina. Atualmente, a divulgação por meio de redes sociais é o método mais efetivo de atrair consumidores. O conceito de consumidor ativo já é uma realidade. Então, a possibilidade de interação (curtir, comentar, compartilhar) é muito relevante para o engajamento da empresa. Além disso, facilita a atualização constante de feedbacks e a divulgação feita pelos próprios clientes;

Beleza limpa (Clean Beauty)

O conceito de beleza limpa vai além da tendência de produtos orgânicos. São cosméticos livres de toxinas, com embalagens sustentáveis e SEM testes em animais. Os valores e o propósito da marca nunca foram tão importantes para o consumidor, o qual procura se conscientizar cada vez mais;

Inteligência artificial (IA) e Realidade aumentada (RA)

As tecnologias IA e RA estão se desenvolvendo e se popularizando cada vez mais nesse período de isolamento social. Aplicativos de scanner facial permitem que o usuário possa testar virtualmente o cosmético escolhido antes de comprá-lo. Por exemplo, ter uma visualização prévia de como ficaria um batom ou uma sombra.